Monthly Archives

setembro 2016

noite_folk_instagram_facebook_flyer-01

ISABELLA BRETZ, KHADHU CAPANEMA, KHYKHO GARCIA E WÂNER NOGUEIRA – 2º ROUND!

By | notícias | news | No Comments

A Autêntica recebe Isabella C. Bretz, Khadhu Capanema, Rodrigo Garcia e Wâner Nogueira para um show especialmente preparado para esta formação, já que os artistas não são uma banda. O encontro aconteceu pela primeira vez no projeto Caixa Acústica, no Teatro Santo Agostinho. Nele, apresentaram composições de Isabella e de Khadhu (sendo as dele tanto inéditas quanto algumas da banda Cartoon), além de releituras, todas de alguma forma relacionadas ao universo folk. Por vezes regado à introspecção e delicadeza, por outras preenchendo cada centímetro do espaço com energia, o folk tem reivindicado seu lugar na terra do Clube da Esquina. Prova disso é que também fará parte desta noite, dando início aos trabalhos, o cantor e compositor Péricles Garcia, que apresentará o show de seu mais recente trabalho – o CD “Rua Universo”. Acompanhado de seu violão, Péricles mostrará em primeira mão e em formato intimista as canções do novo disco, além de músicas dos seus três CDs anteriores – Mar de Montanhas (2002), Cosmopolita (2011) e Outros Heróis (2013). A “Noite Folk” trará ao público um momento de aconchegante e também visceral conexão musical.

Serviço
O que: Noite Folk
Quando: 06 de Outubro – 21h
Onde: A Autêntica – Rua Alagoas, 1171 – Savassi – BHZ/MG
Quanto: 15$ antecipado / 20$ portaria

Vendas antecipadas online no Sympla

https://www.sympla.com.br/noite-folk-shows-pericles-garcia–isabella-bretz-khadhu-capanema-rodrigo-garcia-e-waner-nogueira__89102

Mais informações no Facebook.

14438811_1823771481243180_1617436524_o

OPERAÇÃO ESCAMBO!

By | notícias | news | 2 Comments

[quem não estiver interessado no histórico da decisão pode ir direto para a parte operacional]

~~~~~~

O meu disco Saudade está quase completando 4 anos. Durante esse tempo fiz vários shows, conheci lugares, pessoas e passei por infinitas transformações internas. Hoje vejo e sinto coisas diferentes. Não sou compositora de produção em larga escala. Escrevo às vezes, quando flui. Já tentei sentar e tentar, tentar… Mas não funciona. A música “Saudade” demorou dois anos para ficar pronta. Fiz a letra quase de uma vez só, sendo que a música veio bem depois, também quase de uma vez só. “Simples” veio em 10 minutos, tudo junto, cada elemento. Há canções que mandam tijolinho por tijolinho; outras vêm que nem tromba d’água.

Palavras, palavras, melodias…

Melodias, acordes, palavras.

Palavras, melodias, notas, acordes.

Melodias.

Assunto.

Palavra.

Imagem.

Não tem ordem. Não me responsabilizo pelo processo dos outros. O meu é assim. Bagunçado. E o respeito.

Nesse tempo escrevi várias canções e algumas delas se tornaram bem importantes para mim. Ah! Tá aí outra coisa que vale ressaltar: eu escrevo para mim, a princípio. Desculpem a falta de altruísmo, mas é verdade. O que, obviamente, não me impede de soltá-las no mundo, envolver outras pessoas e ficar extremamente feliz quando alguém se conecta. Afinal, a partir do momento em que dou à luz, já não são mais minhas, assim como os filhos.

Quero gravar um novo disco! Quero meus filhos no mundo! Quero MUITO, muito mesmo. Já está na hora.

~~~~~~

OPERAÇÃO ESCAMBO

Como muitos sabem, gravar um disco é algo muito caro. Mas decidi começá-lo, mesmo que gravando aos pouquinhos. Como não tenho qualquer patrocínio, pensei em formas de amenizar os custos SEM DESVALORIZAR O TRABALHO DOS MÚSICOS E OUTROS PROFISSIONAIS ENVOLVIDOS. Minha ideia foi fazer uma pequena lista de serviços que eu poderia oferecer em troca de cada música gravada por eles. Escambo, mesmo. A quantidade dos serviços foi pensada de forma que valessem em dinheiro o mesmo que vale o trabalho deles. Para a minha grande surpresa, alguns dos envolvidos principais responderam e a ideia FUNCIONOU! Eles trocaram uma das músicas que gravarão por um serviço meu (a lista incluía aulas de inglês, tradução de documentos, participação em vídeos, shows, consultoria em voluntariado/responsabilidade social corporativa, bolos de cenoura). Porém, muitos outros profissionais ainda serão necessários nesse processo.

Num dia de semi-insônia o “plim” veio outra vez e a ideia se expandiu: vou fazer um financiamento coletivo, porém sem dinheiro nenhum!

~ Como funciona? ~

Quem quiser participar dessa aventura comigo doa um serviço seu, na quantidade que quiser, especificando quanto ele vale em dinheiro. Exemplo: uma maquiadora vai doar uma maquiagem, pela qual ela costumeiramente cobra R$100,00. Um fotógrafo vai doar um ensaio fotográfico com x fotos, que ele vende normalmente por R$500,00. Um designer vai oferecer um cartaz/flyer, ou quantos quiser. Um fonoaudiólogo/otorrino/etc vai doar uma consulta. E assim por diante. Vou juntar todas as doações de serviços em uma lista-cardápio, com valores incluídos. Após finalizar o seu trabalho no meu CD, o músico (ou outro profissional) pode escolher na lista todos os serviços que ele quiser até completar o valor que ele tem direito a receber pelo serviço prestado a mim. Ele poderá receber tudo em serviços coletados na campanha, parte em serviços e parte em dinheiro (pago por mim), ou tudo em dinheiro. Ou seja: o colaborador da campanha presta um serviço ao músico, que presta um serviço a mim, que devolvo ao mundo em forma de música.

OBS. 1: Os colaboradores são DOADORES. Eles não receberão outros serviços em troca. Não teria condições de administrar essa loucura se todos fossem fazer parte do escambo. Fica para uma experiência futura!

OBS.2: Nem todos os serviços doados serão utilizados. Vamos depender da escolha dos profissionais envolvidos no CD.

OBS.3: Saliento que o disco não será todo pago com os serviços. É uma forma de amenizar os custos e conectar pessoas!

EU ACHO QUE VAI DAR CERTO! E VOCÊS?

Professores de línguas-esportes-dança-música, padeiros, designers, maquiadores, fotógrafos, passeadores de cachorros, social medias, advogados, jardineiros, pintores, desenhistas, consertadores de computador, encanadores, afinadores de piano, assessores de imprensa, videomakers, eletricistas, taxistas, uberistas (sem brigar, por favor, tamo junto, we are the world), aplicadores de Reiki, cabeleireiros, conselheiros amorosos… Pulem nesse barco! Vai ser uma festa!

~ Como se inscrever? ~

Envie uma mensagem para info@isabellabretz.com com o assunto “Operação Escambo” | ou um inbox no facebook com:

Nome, e-mail, serviço a ser doado, valor correspondente em dinheiro.

Simples assim.

~~~~~~

Desde já agradeço a atenção e apoio que tantas pessoas dão ao meu trabalho. Estou ansiosa para o desenrolar de tudo! <3

1, 2, 3 e… VALENDO!