PARTICIPAÇÃO EM “CPLP CELEBRA A MULHER RURAL”

26821983838_39fc36413e_o

No dia 8 de março, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP realizou um evento em sua sede em Lisboa (Portugal) para debater a situação da mulher rural nos seus países-membros.

Isabella Bretz, acompanhada pela pianista Katerina L’Dokova, apresentou duas músicas de seu disco “Canções Para Abreviar Distâncias: uma viagem pela língua portuguesa”. A primeira foi “Ai se um dia”, com letra de Vera Duarte (Cabo Verde), que fala sobre a seca em seu país. A segunda foi Transitório, de Conceição Lima (São Tomé e Príncipe), que trata sobre a impermanência em nossas vidas.

getimage

 

“O Secretariado Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (SECPLP) está a organizar um evento comemorativo do Dia Internacional da Mulher, sendo que este ano o foco é “A Mulher Rural como agente transformador do desenvolvimento na CPLP”.

A Secretária Executiva da CPLP, Maria do Carmo Silveira, e o embaixador Gonçalo Mourão, representante da Presidência pro tempore brasileira da CPLP vão intervir na sessão de abertura.

O tema do evento vai ser discutido pela coordenadora Científica do Programa de Doutoramento “Saber Tropical e Gestão – TropikMan PhD”, Ana Melo Portugal, a gestora de projetos da Ação para o Desenvolvimento (Organização Não Governamental (ONG) com sede na Guiné-Bissau), Isabel Miranda, e ainda pelo Mecanismo de Participação da Sociedade Civil no CONSAN-CPLP, Joana Dias, sob moderação da investigadora Sheila Khan.

Na II Reunião Extraordinária do CONSAN-CPLP, decorrida em junho de 2017, os ministros da segurança alimentar e nutricional reconheceram a centralidade do papel das mulheres rurais em assegurar a segurança alimentar e nutricional no espaço da Comunidade, incluindo a sua maior participação nos mecanismos de governança da ESAN–CPLP, através da Rede das Margaridas da CPLP.”

Fonte: CPLP

 

 

Leave a Reply